Glaucoma

Foto cirurgia: Glaucoma
O olho contém um líquido (humor aquoso) que circula no seu interior. O humor aquoso é produzido pelo corpo ciliar (situado atrás da íris), flui da câmara posterior (região do olho entre o cristalino e a íris), para a câmara anterior (região entre a córnea e a íris) e, após nutrir as estruturas aí localizadas (córnea e o cristalino), é drenado através de um tecido esponjoso e fino chamado malha trabecular (situado no ângulo onde a íris encontra a córnea). No caso do glaucoma, há uma diminuição no escoamento deste líquido pela malha trabecular, o que faz com que ele se acumule dentro do olho e provoque um aumento da pressão intra-ocular. Ângulo da câmara anterior: neste local estão situadas as estruturas oculares responsáveis pela drenagem do humor aquoso. O Glaucoma é causado por diferentes enfermidades que, na maioria dos casos, causam aumento da pressão do líquido que enche o olho. Esta pressão, chamada pressão intra-ocular, danifica o nervo óptico. O nervo óptico é a parte do olho que carrega a informação visual até o cérebro. É formado por milhões de fibras nervosas. Quando a pressão do olho aumenta, as fibras são comprimidas, o que as danificam, e, eventualmente, até causam sua morte. A nova definição estabelece o glaucoma como uma atrofia óptica progressiva, caracteriza por perda de campo visual e lesão do nervo óptico. Se não tratado, o glaucoma pode levar à cegueira. Isto ocorre devido à lesão progressiva do nervo óptico. A cegueira pelo glaucoma é irreversível. Assim é importante diagnosticar o glaucoma no início, antes que o nervo óptico tenha sido muito lesado. O paciente inicialmente não percebe que tem glaucoma. O glaucoma raramente apresenta sintomas. Na maioria dos casos, o glaucoma desenvolve-se lentamente, sem que o paciente perceba. O diagnóstico precoce do glaucoma só é feito em exame oftalmológico, especialmente após os 40 anos.

Tipos de Glaucoma

O glaucoma pode ser classificado: De acordo com o aspecto (aberto ou estreito) do ângulo da câmara anterior do olho (ver anatomia). Os de ângulo aberto são: glaucoma primário de ângulo aberto ou glaucoma crônico simples, glaucoma de pressão normal, glaucoma pigmentar e glaucoma esfoliativo. Os de ângulo estreito são: glaucoma crônico de ângulo estreito e o glaucoma agudo (ver ângulo estreito).

Disgnóstico

O oftalmologista realiza uma série de exames, todos indolores, para controlar e diagnosticar o glaucoma: Medida da pressão intra-ocular - Através deste exame, o oftalmologista saberá se o indivíduo tem pressão intra-ocular normal ou alta. Em geral, consideramos normais valores entre 10 e 20 milímetros de mercúrio. A pressão intra-ocular varia durante o dia, sendo muitas vezes necessárias medidas em diferentes horários. É importante que o paciente se interesse em saber o valor de sua pressão intra-ocular.

Cuide bem da sua Visão. Para consultas:


14 3263.2833


14 99802.7554

Ícone Clínica de Olhos Dr. Daniel Parente  2018 © Clínica de Olhos Dr. Daniel Parente

Desenvolvido por Paulo Coneglian