Presbiopia

No olho normal, ou seja, sem nenhuma deficiência visual, as imagens dos objetos, próximos ou distantes, são focadas sobre a retina. O cristalino muda sua forma em função das distâncias, a fim de reproduzir uma imagem nítida: é o chamado poder de acomodação. A acomodação funciona desde uma distância de alguns centímetros até aproximadamente 6 metros. Quando a imagem não se forma sobre a retina, a visão é desfocada.

Em geral, a presbiopia ocorre nas pessoas com idade acima de 40 anos, podendo ser mais precoce em hipermétropes. Os pacientes costumam queixar-se: “Os meus braços estão curtos para eu poder ler o jornal ou a bula dos remédios”, “Não consigo passar a linha na agulha, ou escolher o arroz ou feijão”. Eles preferem ambientes com mais claridade para tentar ler de perto.

Correção com Óculos

Existem vários tipos de lentes corretivas. Para aconselhar sobre as lentes mais adequadas às suas expectativas e necessidades, os especialistas terão de conhecer as suas atividades, tanto profissionais como de lazer. Embora todas as lentes para presbiopia tenham por objetivo proporcionar a recuperação da visão de perto, nem todas possuem as mesmas características.

Lentes de Leitura: para ler o jornal, costurar, escrever, sem nunca olhar para além dessa distância, as lentes simples de leitura, “reitor” ou “meia-lua”, são adequadas. Mas quando o usuário levanta os olhos para ver o que está na visão intermediária e de longe, as imagens tornam-se desfocadas. Isto obriga a tirar e por os óculos continuamente ou a olhar por cima deles.

Presbiopia

Paciente com óculos para leitura.

Lentes Bifocais: permitem ver de perto e de longe, mas são caracterizadas por uma linha de separação visível. Esta linha constitui-se num obstáculo, que causa um salto de imagem, pois os olhos passam bruscamente da visão de perto à visão de longe, além de não beneficiarem o campo de visão intermediário.

Lentes Progressivas: permitem ver nitidamente a todas as distâncias, devido à sua superfície óptica sofisticada concebida a partir da observação do movimento dos olhos e das necessidades visuais. O olhar passa suavemente da visão de perto para visão intermediária e depois à visão de longe, sem qualquer esforço, naturalmente. Oferecem maior conforto, respeitando os hábitos visuais do usuário, proporcionando uma focagem imediata dos objetos.

Presbiopia

Paciente com lentes progressivas. Boa visão para longe, perto e meia distância.

Para todas, pode-se escolher lentes mais resistentes a choque e a arranhões ou com 100% de proteção (UVA e UVB). Também estão disponíveis lentes com tratamento anti-reflexo que reduzem o incômodo de reflexos causados nas lentes, permitindo que você veja e seja visto melhor.

As lentes fotossensíveis e as lentes fotocromáticas escurecem e clareiam conforme o ambiente, além de oferecer excelente proteção contra os raios ultravioletas nocivos.

Presbiopia

Lente bifocal, ainda muito usada atualmente.

Correção com Lentes de Contato

Existem lentes de contato descartáveis bifocais ou multifocais para uso eventual. Também, pode-se optar pela técnica da monovisão, onde um olho é adaptado para ver de longe e outro para ver de perto. Na monovisão modificada, no olho dominante, adaptamos uma lente de contato para ver longe e, no outro olho, uma lente de contato multifocal.

Correção Cirúrgica

Muito se tem evoluído neste campo. Embora existam várias opções cirúrgicas, a maioria não traz resultados previsíveis ou seguros. Não recomendamos a cirurgia a laser e ou técnicas que procuram modificar a topografia corneana. Para pacientes com catarata que serão submetidos à correção cirúrgica, lentes intra-oculares multifocais são uma opção disponível para casos selecionados (ver mais no tópico sobre lentes intra-oculares e catarata).

Cuide bem da sua Visão. Para consultas:


14 3263.2833


14 99802.7554

Ícone Clínica de Olhos Dr. Daniel Parente  2018 © Clínica de Olhos Dr. Daniel Parente

Desenvolvido por Paulo Coneglian