Sobre

O objetivo das lentes de contato é proporcionar-lhe uma excelente estética facial ao substituir os óculos, fornecer a melhor visão no dia-a-dia, e ainda facilitar a prática de esportes. Elas são pequenos discos de material plástico, usados para corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo, no tratamento do ceratocone (uma moléstia da córnea que causa visão ruim, muitas vezes, não corrigível com óculos) e no caso das lentes bifocais e multifocis, substituir os óculos para perto e possibilitar uma boa visão para longe. As lentes de contato coloridas realçam ou mudam a cor dos olhos. Há lentes com vários tipos de pupila, ideais para se chamar atenção em uma festa.

As lentes cosméticas ou filtrantes são usadas para mascarar um defeito antiestético no olho, tornando-o similar ao outro olho normal. As lentes terapêuticas são usadas como coadjuvante no tratamento de várias doenças da córnea e da superfície do olho e no pós-operatório de cirurgias oculares.

A superfície externa das lentes proporciona conforto e melhoria da visão, enquanto a posterior possibilita que elas fiquem bem posicionadas na córnea e flutuem na camada de lágrimas existente nos olhos. Quando a pessoa pisca as pálpebras movimentam as lentes levemente. Esse movimento faz com que as lágrimas fluam sob as lentes, removendo os resíduos que se acumulam embaixo delas, e forneçam nutrição, lubrificação e oxigênio à córnea.

Lente de contato Mel

mel

Lente de contato Ocre

ocre

Lente de contato Verde

verde

Lente de contato Grafite

grafite

Lente de contato Ice

ice

Lente de contato Marine

marine

Lente de contato Azul

azul

Lentes de contato

Tipos de Lentes de Contato

Dependendo do material de fabricação, as lentes de contato classificam-se em duras, rígidas gás-permeáveis, gelatinosas e gelatinosas descartáveis. Quanto ao tempo de uso permitido, as de uso diário podem permanecer nos olhos de oito até doze horas e precisam ser retiradas para dormir e para desinfecção. As de uso prolongado ou flexível podem ser utilizadas por até 16 horas por dia.

Nenhum tipo de lente é melhor que o outro. Durante a consulta, seu problema visual e a curvatura da córnea serão avaliados e depois de conversar com você sobre seu estilo de vida, a frequência com que você irá usá-las e o tempo que dispõe para cuidar delas, o oftalmologista poderá lhe sugerir o tipo de lente mais adequado às suas características pessoais.

Lentes Duras

As acrílicas foram as primeiras a serem desenvolvidas. São feitas de polimetilmetacrilato, um plástico que impede a transmissão direta do oxigênio para a córnea. Desta forma, a córnea passa a depender somente das lágrimas, que fluem sob a lente, para fornecimento de oxigênio e dos nutrientes necessários. Quando a quantidade de oxigênio se torna insuficiente, ocorrem inchaço da córnea e embaçamento temporário da visão. São usadas atualmente apenas em testes de adaptação de lentes.

As lentes rígidas, no início, são mais desconfortáveis quando comparadas às lentes gelatinosas. No entanto, com a persistência, ela será bem tolerada. Mesmo assim, um certo número de pacientes não conseguirão usá-las. Apesar de menos confortáveis para alguns, são uma boa opção nos casos de astigmatismo, pois dão maior regularidade à córnea, além do custo ser bem inferior ao da lente gelatinosa tórica, uma outra opção para correção do astigmatismo. Proporcionam correção satisfatória da visão para a vasta maioria dos pacientes. São fáceis de limpar e podem ser guardadas secas ou úmidas. Juntamente às gás-permeáveis, são as opções ideais para a correção do ceratocone, para correção óptica em casos de pequenas cicatrizes da córnea, pós-operatório de transplante de córnea e cirurgia refrativa.

Lentes Rígidas Gás-Permeáveis

As gás permeáveis siliconadas ou fluorcarbonadas são produzidas a partir da combinação de plástico e silicone.

São de consistência semiflexível e menores que a córnea. O oxigênio permeia através dessas lentes chegando diretamente à córnea e não só através das lágrimas que fluem sob elas. Por isso a adaptação às lentes rígidas é fácil, a córnea raramente fica inchada e a visão permanece nítida. São muito confortáveis, porém menos duráveis que as convencionais ou duras.

As lentes rígidas podem ser de uso diário ou de uso prolongado. As siliconadas ou de uso diário permeiam menos oxigênio à córnea do que as de uso prolongado, genericamente chamadas de fluor-carbonadas.

As lentes rígidas são duráveis, de limpeza e manuseio fáceis e possibilitam visão bastante nítida, especialmente nos graus mais altos de astigmatismo. Por outro lado, exigem período de adaptação de 2 a 3 semanas e se deslocam, quebram ou riscam com certa facilidade. As lentes rígidas podem criar clarões em volta das luzes, causar arranhões na córnea e reter poeira e partículas na sua parte posterior.

Lentes Gelatinosas

Lente gelatinosa

Podem ser de uso diário ou prolongado. Têm a propriedade de reter grande volume de água, as de uso diário absorvem entre 38 e 55% de água e as de uso prolongado chegam a absorver 80%.

As lentes gelatinosas quase não são percebidas no olho, são de rápida ou imediata adaptação e são mais confortáveis que as rígidas. Quase não causam clarão em volta das luzes, são comercializadas em cores que realçam ou mudam a cor dos olhos e são adequadas à prática de esportes, pois raramente se deslocam. Permitem a passagem de grande quantidade de oxigênio à córnea. São adequadas para a correção da miopia e da hipermetropia, no entanto por serem moles e acompanhar a curvatura da córnea, não corrigem o astigmatismo, cuja córnea é irregular. As lentes gelatinosas especiais ou tóricas permitem a correção nestes casos.

As lentes gelatinosas podem se danificar com maior facilidade. Necessitam de permanente manutenção, pois proteína, muco, protozoários e fungos depositados nas superfícies anterior e posterior da lente podem reduzir sua duração. Principalmente as de uso prolongado apresentam tendência à absorção de fumaça, vapores ou “spray”.

As lentes gelatinosas são de troca mais freqüente do que as rígidas. Podem não resultar em visão totalmente nítida, embora algumas marcas corrijam adequadamente altos graus de astigmatismo.

As instruções para uso e manutenção devem ser cuidadosamente observadas, caso contrário essas lentes poderão produzir infecção e irritação nos olhos, sobretudo, se ao primeiro sinal de problema elas não forem removidas e prescrito o tratamento necessário.

Lentes Gelatinosas Descartáveis

Podem ser de uso único (um dia de uso), uso semanal (uso continuo por 7 dias e 6 noites) ou quinzenal (15 dias de uso, retirando-as para dormir) ou uso mensal descontinuo (30 dias de uso, retirando-as para dormir) ou continuo (30 dias e 30 noites).

A reposição freqüente diminui o acúmulo de depósitos, reduzindo os riscos de contaminação, proporcionando a menor possibilidade de infecção corneana entre as lentes de contato. Lente nova, igual a olho são. As lentes de uso único, semanal e mensal continuo não necessitam de limpeza. Para as lentes para uso quinzenal ou mensal descontinuo, a assepsia é simplificada pela utilização de uma solução multiuso.

Para os pacientes que utilizam lentes de contato com freqüência, as lentes descartáveis tornam-se mais caras que as convencionais (maio custo em um ano), no entanto em algumas situações, ex: uso esporádico ou ocasional, a economia a longo prazo pode ser maior, pois, com a substituição programada, elas exigem pouca ou nenhuma manutenção. Em casos de perda ou dano a uma lente, a substituição por outra é muito mais barata quando comparada as convencionais. As lentes quinzenais ou de uso mensal descontinuo são removidas à noite e reutilizadas na manhã seguinte e são, ao final de sua validade, descartadas.

São adequadas para a correção da miopia e da hipermetropia e, no caso das tóricas, corrigem o astigmatismo. Também estão disponíveis para a correção da presbiopia nas variações de bifocal e multifocal. Contudo, não estão disponíveis para todas as prescrições e podem dar a falsa sensação de que as consultas periódicas não são necessárias, porque seu uso e cuidado são bastante fáceis.

Cuide bem da sua Visão. Para consultas:


14 3263.2833


14 99802.7554

Ícone Clínica de Olhos Dr. Daniel Parente  2018 © Clínica de Olhos Dr. Daniel Parente

Desenvolvido por Paulo Coneglian